Três dias de beleza e muita cultura nordestina no Clube da APCEF/SE

0
174

Meu Sertão, Unidos em Asa Branca e Balanço do Nordeste conquistam 1°, 2° e 3° lugar no Festival APCEF/SE de Quadrilhas Juninas

Com chuva e muita emoção, a Quadrilha Meu Sertão, do município de Riachuelo, segurou firme o troféu de campeã do 1° Festival APCEF/SE de Quadrilhas Juninas, na madrugada entre o dia 7 e o dia 8 de julho (domingo/segunda). A Quadrilha Unidos em Asa Branca, de Aracaju, encantou todo o público com a apresentação do tema ‘Tu vens, tu vens, eu já escuto teus sinais’ e conquistou o 2º lugar. A Quadrilha Balanço do Nordeste, fundada em 2015, no município de Umbaúba, competiu com garra, dançou sincronizada, na marcação certinha; com muita beleza e ternura, conquistou o 3° lugar. A Quadrilha Século XX, de Aracaju, uma das mais antigas de Sergipe, alcançou o 4º lugar, seguida por Xodó da Vila (5º lugar), de Aracaju, e Arryba a Saya de Lagarto (6º lugar).

Diogo Melo, presidente da APCEF/SE, agradeceu todas as quadrilhas que trouxeram tanta beleza em três dias de muita cultura nordestina no Clube. “Todas as Quadrilhas foram perfeitas, mais uma vez, obrigada de coração. Nós fizemos o nosso melhor. A gente pede desculpa se a gente não alcançou o que alguém esperava, preparamos belos troféus, pensamos em dar uma premiação que ajude as quadrilhas em alguns custos e preparamos uma festa animada para todos que vieram aqui durante as três noites do 1º Festival APCEF/SE de Quadrilhas Juninas”.

Vestida de azul, Crislayne Amaancio da Quadrilha Arryba a Saya se apresentou com o tema das lendas populares do Rio São Francisco. “A apresentação embaixo da chuva foi emocionante, foi uma benção de Deus, foi uma sensação maravilhosa, de alívio, de dever cumprido”.

O quadrilheiro Rafael Barroso dança quadrilha há 14 anos e pela primeira vez dançou na Quadrilha Século XX. “Sou fã da tradição e a Quadrilha Século XX é a mais antiga de Sergipe, que vem batalhando e mantendo a tradição. O Festival APCEF/SE de Quadrilhas Juninas está simplesmente excelente, há suporte para as quadrilhas, eu e a minha quadrilha estamos amando. Fomos bem abraçados pelo evento por todas as quadrilhas, por uma questão até de respeito por ser a mais antiga. Magnífico o suporte e parabéns ao Clube do Pessoal da Caixa pela organização”.

O presidente da Quadrilha Xodó da Vila, Etelvan dos Santos, ficou satisfeito com o Festival. “Este foi praticamente o melhor concurso de quadrilhas juninas do Estado, nos ofereceu toda a estrutura e até ajuda de custo, organização, respeito, reuniões antecipadas, tudo como o quadrilheiro quer. O único probleminha foi a falta de cobertura que fez falta no último dia. Mas todo mundo que trabalhou está de parabéns porque o resultado foi ótimo e queremos que melhore na próxima edição”.

Lucas Soares, o noivo da Quadrilha Balanço do Nordeste, explicou que a estrutura para viabilizar a apresentação das quadrilhas foi fundamental. “Nós somos do interior de Sergipe, nosso trabalho é muito árduo. Não temos muito apoio financeiro, mas o Festival da APCEF foi bem organizado, tudo foi bem pensado antes e isso contribuiu para que a gente pudesse participar”.

O coordenador da Unidos em Asa Branca, Marcos Borges, comemorou o estímulo do surgimento de um novo Festival de Quadrilhas em Sergipe. “Estreou com chave de ouro, o 1° Festival APCEF/SE de Quadrilhas Juninas. Uma organização primorosa, o movimento de Quadrilhas Juninas só tem a crescer, assim como o movimento da cultura nordestina é valorizado com a criação deste novo espaço”.

Antes mesmo de saber o resultado final, o coreógrafo Alexandre Magno estava bem confiante. Ele também foi o temático e dançarino da Quadrilha Meu Sertão, campeã do 1º Festival APCEF/SE de Quadrilhas Juninas. “A ansiedade e a tensão são normais. Eu já danço quadrilha há 10 anos e este festival foi muito lindo, inesquecível, maravilhoso, um sucesso”.

O 1° Festival APCEF/SE de Quadrilhas Juninas foi realizado pela APCEF/SE e Fenae (Federação das Associações do Pessoal da Caixa), com o patrocínio da Plamed e o apoio da Liquajuse (Liga de Quadrilhas Juninas de Sergipe) e da Associação de Quadrilhas Juninas de Sergipe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here