Banqueiros não respeitam antecipação dos feriados

0
192

APCEF/SE repudia decisão de abertura dos bancos diante dos alarmantes índices de contaminação por Covid-19

Para salvar vidas e reduzir a contaminação por Covid-19 em Sergipe nos próximos dias, os Deputados estaduais e Vereadores aprovaram leis antecipando para esta sexta e a próxima segunda-feira os feriados de emancipação política (8 de julho) e São João (24/6).

No entanto, a medida não irá proteger as famílias dos bancários de Sergipe, pois os bancos abrirão normalmente em ambas as datas, com escala de funcionamento em Aracaju.

A APCEF/SE manifesta repúdio pela decisão da Febraban (Federação Brasileira de Bancos) que desdenha o avanço do contágio e morte por Covid-19 e insiste em expor todos os bancários ao risco de contaminação, mesmo quando o número de vítimas e internamentos ameaça a proximidade de um colapso nos sistemas de saúde pública e privada.

Desde o início da quarentena, os bancos não fecharam suas portas. Foram mantidos funcionando por serem considerados serviços essenciais e já são 18 bancários mortos por Covid-19 no Brasil e um número enorme de bancários contaminados e agências fechadas para a desinfecção.

Os bancários da Caixa Econômica Federal diariamente atendem uma multidão de pessoas que vai às agências em busca do auxílio emergencial de R$ 600. Assim, só entre bancários da Caixa, a contaminação por Covid-19 já alcançou várias agências de Sergipe.

Para o presidente da APCEF/SE, Diogo Melo, os banqueiros que lucram diariamente com o trabalho dos bancários precisam levar em conta a vida e a saúde da população e desses trabalhadores. “É uma falta de consciência, de sensibilidade e de responsabilidade. A decisão de abrir os bancos nestas datas em que há um esforço nacional para diminuir a contaminação por Covid-19 mostra que os banqueiros não dão importância para as mortes e para os altíssimos índices de contaminação”, criticou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here