Criada em 25 em outubro de 2016, a Rede do Conhecimento, plataforma de educação da Fenae e das Apcefs, tem cursos voltados para aperfeiçoamento profissional e pessoal dos empregados Caixa e traduz a preocupação da Fenae com o desenvolvimento pleno dos empregados Caixa. Cursos, pílulas, Redecast, infográficos e vídeos especiais: a rede é um mundo para quem quer melhorar a carreira ou descobrir um novo talento.  

Em 2020, um ano difícil para todos os empregados Caixa, a Rede do Conhecimento abriu a plataforma para que os bancários, ainda não associados, pudessem conhecer mais essa grande ferramenta. “A Rede do Conhecimento é um projeto muito importante que beneficia os associados das Apcefs, os empregados da Caixa e nossos parceiros.Na pandemia a plataforma foi ainda mais importante. Com o distanciamento social, a Rede do Conhecimento ficou ainda mais valorizada”, afirmou o diretor de Formação da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), Jair Pedro Ferreira.
 

A plataforma EAD da Fenae e Apcefs conta com mais de 100 cursos gratuitos, totalizando mais de 115 mil matrículas desde sua criação.  Para o presidente da Fenae, Sergio Takemoto, a Rede do Conhecimento é uma importante ação que integra diversos formatos de mídia de comunicação e de informação, voltadas para os associados das Apcefs. “Sempre pensamos em ampliar o conhecimento dos empregados da Caixa e a integrá-los da melhor maneira. E a Rede faz isso muito bem com as ferramentas que colocamos à disposição na plataforma”, acrescenta.  

O empregado Caixa pode fazer curso de violão, desvendar os segredos da culinária, aprender como se tornar um empreendedor social, organizar as finanças, ter dicas de bem-estar, saúde, beleza, inovação, tecnologia. 

Gerente da Caixa e associado à Apcef do Espírito Santo, Valterly Pedrini, que fez vários cursos da plataforma, destaca ainda a possibilidade de participar do Inspira Fenae: “tive o grande privilégio de ter sido selecionado para três eventos do Inspira Fenae, no DF, em Belo Horizonte e Rio de Janeiro, foi uma experiência inigualável de interação e inspiração.”, salienta. 

Ele elogia a variedade e diversidade dos cursos, assim com o Adeilson Costa Gois, da Apcef Sergipe: “Fiz CPA 10 e CPA 20, marketing, mas também cursos de vinhos e cerveja. O que eu não esqueço nunca é o de cerveja, pois como apreciador, é bom saber que o colarinho é mesmo importante, como servir e degustar”, afirmou.  

Josênia da Silva, também da Apcef Sergipe, salienta que não apenas ela, mas seus dependentes usufruem dos cursos e isso é muito bom: “parabéns à Fenae pela qualidade dos cursos. Ser sorteada para o Inspira foi muito importante, uma grande experiência na minha vida”, afirma ela, que participou do Inspira Fenae 2020, realizado em São Paulo no início de fevereiro do ano passado. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.