A Fenae enviou ontem (15/7), novo ofício à Funcef solicitando esclarecimentos sobre a revisão dos ativos que ocasionou a redução dos saldos das contas de dezembro de 2019 dos participantes do Novo Plano e do REB.

A Funcef respondeu os outros ofícios afirmando que, os participantes que no primeiro semestre de 2020 pediram aposentadoria ou fizeram resgate com base no documento oficial que a Funcef enviou, teriam as opções de: utilizar o saldo de conta apurado e a realização futura da revisão do benefício após atualização das cotas, sobrestar o requerimento até que todos os números forem aprovados ou cancelar o requerimento.

No entanto, considerando os números de resgate e benefícios solicitados, é provável que algumas dessas solicitações tenham ocorrido entre 01 janeiro de 2020 e 27 de maio de 2020, quando a Funcef divulgou o comunicado sobre a atualização das cotas. A essas pessoas foram oferecidas as opções mencionadas acima?

Nesse caso, a Fenae pede que a Fundação esclareça de que forma essa devolução ocorrerá e reforça o questionamento: houve algum aviso sobre a possibilidade de eventual revisão para esse grupo específico?

A Fenae já conversou com os participantes em Live, no dia 3/7 sobre o assunto. Na transmissão a Fenae também expôs os números do Balanço, questionando a demora da entrega dos resultados do exercício de 2019 e resultado do primeiro trimestre deste ano. Assista aqui.

Leia aqui o ofício na íntegra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.