Revelados vencedores da fase estadual do Talentos Fenae/Apcef, na categoria Foto e Filme

0
36

O primeiro evento virtual que marca a final da fase estadual do prêmio Talentos Fenae/Apcef 2020, na categoria Foto e Filme, realizado dessa forma em função das regras sanitárias exigidas por conta da pandemia, neste sábado (10), premiou os empregados Caixa associados das 27 Apcefs (Associações do Pessoal da Caixa) que se destacaram nos 3º, 2° e 1° lugares nas modalidades Foto e Filme.

Confira os ganhadores:

 

Veja os depoimentos dos vencedores:

Pela segunda vez participando, o empregado José Alves ganhou o primeiro lugar.na categoria foto. A imagem vencedora foi a do pescador de Aruana. “Me inspirei na Praia de Aruana, lá existem grupos de pescadores e pequenas associações que dividem recursos para diariamente lançarem-se ao mar em busca de sobrevivência. A concentração do pescador no trato com os artefatos e a embarcação chamou minha atenção e capturei a imagem”. 

O Adeilson Costa, ganhador do segundo lugar na categoria foto, afirmou que tem uma conexão emocional com a Orla Por Sol e por isso quis divulgar sua beleza. “Por gostar muito de fotografia e também de poder usufruir ao máximo dos benefícios e oportunidades de crescimento cultural e intelectual que a Fenae/Apcef oferecem, participei do Talentos Fenae para divulgar a beleza natural da Orla  Pôr do Sol entre os colegas do Brasil que não a conhecem”. 

Já o Acelmo Lima, terceiro colocado escolheu retratar o momento vivido por toda população durante a pandemia. “Eu fiquei muito contente por ter meu nome reconhecido, essa é a terceira vez que participo e a primeira que eu ganho. Eu retratei na minha foto o momento de pandemia, pois as pessoas estiveram em isolamento social por muito tempo e a foto retratava uma pessoa vendo a vida  pela janela”, pontuou.

O empregado José Nery, bastante conhecido no concurso por ter ganhado outras vezes, conquistou neste ano o primeiro e o segundo lugar na categoria filme. Com os temas vidas negras importam, e fique na aldeia, parente, Nery disse que mais uma vez teve suas expectativas superadas. “Terceiro ano que participo e a cada ano se supera. Mesmo em época de pandemia, o evento se superou e nós bancários não deixamos de participar desse evento que engrandece a cultura dos funcionários da Caixa. Emoção é o meu nome, desde o ano passado onde levei o nacional em Florianópolis, e pode ter certeza que a cada ano farei um vídeo melhor para sempre representar bem a nossa Apcef/SE”, afirmou. 

A Carolinne da Silva, vencedora do terceiro lugar na categoria filme, teve como inspiração
a violência física e sexual contra mulheres. “A violência aumentou durante o isolamento social provocado pelo coronavírus, pois a maioria está vivendo em confinamento com seu agressor. Essa é uma forma de incentivar as mulheres a denunciarem esses crimes”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here