Caixa ultrapassa R$ 5 bi em crédito a micro e pequenas empresas

0
81
Edifício Sede Caixa Econômica Federal e Banco Central em Brasília

A Caixa Econômica Federal ultrapassou a marca de R$ 5 bilhões em crédito a micro e pequenas empresas durante a pandemia. O Programa de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) atingiu o limite de R$ 3,18 bilhões emprestados às 12h de hoje (9). As linhas do Fundo de Aval para as Micro e Pequenas Empresas (Fampe) emprestaram R$ 1,8 bilhão.

O total emprestado nos dois programas somava R$ 4,98 bilhões até o início da tarde. Como o Ministério da Economia ampliou o teto do Pronampe em R$ 1,06 bilhão, para R$ 4,24 bilhões, o marco de R$ 5 bilhões emprestados foi atingido no meio da tarde.

Segundo o banco, cerca de 70% dos pedidos de empréstimo para pequenos negócios afetados pela pandemia do novo coronavírus vêm de empresas sem conta na Caixa. Hoje, a instituição anunciou que tornou inteiramente remoto o processo de análise do crédito, o que permite que o tomador vá até a agência apenas para assinar o contrato.

Com financiamentos de 36 meses, com oito meses de carência para começar a pagar, e juros anuais iguais à Selic (juros básicos da economia) mais 1,25% ao ano, o Pronampe concede até 30% do faturamento do ano anterior para negócios afetados pela pandemia. A linha pode ser pedida diretamente nas agências da Caixa ou pelo site www.caixa.gov.br/pronampe.

Operado em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o Fampe tem juros reduzidos e acompanhamento empresarial pelo Sebrae. O dono do negócio deve realizar o tutorial do Sebrae com orientações e informações sobre como utilizar o crédito antes de pedir o financiamento no site

 

Com informações da Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here