Desafio 100K: colaboradores batem meta e perdem peso

0
46

Depois de encarar a primeira fase do desafio 100K durante 30 dias, os colaboradores da Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal de Sergipe (APCEF/SE) acima de 100 quilos, com muita motivação e foco, alcançaram resultados incríveis e adquiriram hábitos para manter a saúde e o bem-estar pelo resto da vida. Nesta segunda-feira (31) os participantes do desafio fizeram a pesagem com a equipe do APCEF/SE RunClub para saber quem ficou nas três primeiras colocações.

 

Com um total de seis participantes, o desafio proporcionou aos colaboradores exercícios de força, coordenação, mobilidade e resistência cardiorrespiratória, além de uma intensa conscientização sobre hábitos de lazer saudável, é o que explica o professor de educação física, Vinícius Pina. “Juntos, os seis integrantes do desafio atingiram uma redução de 15kg. Considerando que a meta previamente estabelecida para redução de peso corporal era para ser de 0,5 a 1,5kg perdido por semana, podemos considerar que mesmo os que somente incluíram uma rotina de lazer fisicamente ativa obtiveram um resultado positivo”, afirmou.

 

Quem ficou em primeiro lugar, foi a colaboradora Jéssica Lima, que atingiu a incrível marca de -5% de gordura eliminada e um aumento de 2,5% de massa magra, o colaborador Lucas Cardoso teve o segundo melhor resultado. “Tais resultados corroboram com a ideia que se você é disciplinado com a prática exercício físico orientada por um profissional de educação física e associado a bons hábitos alimentares o resultado é certo”, finalizou o professor.

 

Depoimentos:

Colaboradora Jéssica Lima: “Aprendi que sou capaz de perder peso, pois nunca liguei para o meu peso e nunca tinha feito dieta de verdade, e o mais engraçado é que aprendi a comer o que eu quero na hora que eu quero, como por exemplo pães e lanches, hoje posso sair com meu esposo e dizer que não quero comer o lanche e ficar de tranquila sem estar babando. Hoje eu tenho regras quanto a comer quando vou lanchar, como com prazer e por mérito de que cumprir mais uma semana, não com pensamento de que estou com fome e tenho que comer e pronto”.

Colaborador Lucas Cardoso: “Maior dificuldade é o de sair da zona de conforto, de se permitir mudar, encarar a realidade. Nessa vida louca do dia a dia, achar que está tudo ok e que na verdade não está. A gente passa a entender que podemos com simples atitudes melhorar e estar em constante evolução. Começar a olhar para dentro, ter tempo para se sentir, se ouvir. Sempre a espaço para tudo, inclusive para a saúde”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here