Fóruns regionais de condições de trabalho precisam voltar, cobra CEE/Caixa

0
21

Criado para debater questões como metas abusivas, assédio moral e condições dos empregados nas agências, os Fóruns Regionais de Condições de Trabalho continuam parados na Caixa. A Comissão Executiva dos Empregados da Caixa (CEE/Caixa) cobrou a retomada das reuniões que são fundamentais para a resolução de conflitos nas regiões. Com a participação dos sindicatos dos bancários, juntamente com os responsáveis pelas áreas envolvidas da Caixa, os fóruns buscam prevenir e combater problemas das agências e dos empregados. A reivindicação acontece desde a Campanha Nacional dos Bancários deste ano.

“É importante que o fórum regional seja efetivo, principalmente neste período que estamos passando por esta pandemia da covid-19. Os empregados estão sendo cobrados com metas abusivas e esse é um tema que deveria ser tratado no fórum”, alerta a coordenadora da CEE/Caixa, Fabiana Uehara Proscholdt.

Por meio dos fóruns regionais é possível debater mudanças nas condições de trabalho, melhorar infraestrutura e segurança, reforçar inclusive os protocolos contra o covid-19 entre outros problemas. As reuniões permitem um encontro direto com a Caixa, oferecendo um espaço de debate importante para a resolução de problemas e a possibilidade de minimizar conflitos. “Saúde e condição de trabalho é um dos eixos de debate importantes do nosso Conecef. E o fortalecimento dos Fóruns foi reivindicado pelos empregados. O movimento sindical tem como foco que os nossos colegas consigam fazer o trabalho com condições adequadas e sem sofrimento”, destacou Fabiana.

Fórum

A criação de fóruns regionais e do nacional, para discutir e apresentar soluções às condições de trabalho no banco, é conquista dos empregados da Caixa na Campanha Nacional Unificada 2014. São integrados por representantes dos trabalhadores e de diversos setores do banco. A princípio foram criados sete módulos-piloto: Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Curitiba, Fortaleza, Rio de Janeiro e São Paulo.

O Fórum discute as seguintes questões: estrutura física e de pessoas, conflitos no ambiente de trabalho, jornada de trabalho e acompanhamentos de resultados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here