Hoje tem Live da Fenae. Participe e tire dúvidas sobre o novo PDV da Caixa

0
20

É hoje! Tire suas dúvidas sobre o novo Programa de Desligamento Voluntário (PDV), lançado pela Caixa Econômica Federal na última sexta-feira, dia 6 de novembro. Participe e assista à Live que a Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa (Fenae) promove nesta quinta-feira (12), a partir das 19h, com transmissão ao vivo no perfil do Facebook e no canal do Youtube.

No bate-papo online, o presidente da Fenae, Sergio Takemoto, o presidente da Apcef/SE, Diogo Melo, e os advogados da assessoria jurídica da entidade, Laís Carrano e Paulo Roberto Alves da Silva, estarão disponíveis para prestar os esclarecimentos e tirar as dúvidas dos empregados a respeito do novo PDV, que agravará ainda mais a já crônica falta de pessoal na estrutura do banco público e social, como parte da política de desmonte promovida pelo atual governo.

Durante a Live, os participantes terão a oportunidade de tirar dúvidas sobre os prós e os contras da adesão ao programa, com os devidos esclarecimentos no que isso implica nos planos de benefício da Funcef, no Saúde Caixa e em outras questões pertinentes ao dia a dia dos trabalhadores do banco.

Informações preliminares divulgadas pela gestão Pedro Guimarães dão conta de que a medida visa adequar a Caixa à Emenda Constitucional nº 103, que trata da reforma da Previdência, e prevê o fim do vínculo empregatício de trabalhadores de empresas públicas que se aposentarem a partir da vigência desse dispositivo.  

As adesões ao novo PDV, cujo processo foi deflagrado nesta semana, ficam abertas até o dia 20 de novembro. A previsão é de que os desligamentos ocorram entre 23 de novembro e 31 de dezembro.

Diante dessa iminente ameaça, a Fenae realiza a Live nesta quinta-feira (12) e considera ser importante o empregado da Caixa ter toda a segurança para tomar uma decisão que irá impactar em toda a sua vida.

Então, não perca! Hoje, tire todas as dúvidas sobre o novo Programa de Desligamento Voluntário, no Facebook e Youtube da Fenae. A Live ocorre logo mais à noite, a partir das 19h. Esse evento online busca ajudar o trabalhador do banco a tomar esta importante decisão. Fica, então, o convite: esperamos você e até lá!

Recado do presidente da Fenae

Confira o recado dado pelo presidente da Fenae a respeito do novo PDV:

“A defesa da Caixa como banco público e protagonista na execução de políticas públicas é urgente. Se os empregados e a sociedade não lutarem agora contra esse desmonte, em pouco tempo poderá ser tarde demais. O ataque à Caixa e a outras empresas públicas é um ataque à classe trabalhadora. Não podemos permitir a destruição desse patrimônio pertencente a cada cidadão brasileiro.

“Lutamos é por melhores condições de trabalho e de atendimento à população, com o banco precisando de mais trabalhadores e não menos. A redução do quadro de pessoal prejudica não só os empregados que ficam, como também a população. Queremos mais contratações e os aprovados no concurso de 2014 precisam ser chamados para começar a trabalhar.

“O que tem ocorrido nos últimos anos é um encolhimento cada vez maior do banco. O número de empregados reduziu de 101 mil para 84 mil. Diminuiu o quantitativo de empregados e a direção do banco ainda anuncia que vai vender ativos e outras áreas rentáveis, não demorando muito para fechar agências. Não podemos permitir que continue esse ataque a uma empresa que tem mais de 159 anos de história e que sempre contribuiu para o desenvolvimento econômico e social do país. É um desrespeito para com a sociedade e seus trabalhadores.

“O PDV pode prejudicar o atendimento ao público, já que o banco é a principal ferramenta do governo federal para pagamento do auxílio emergencial e de outros benefícios sociais.  A redução do quadro de pessoal faz parte da política de desmonte promovida pelo atual governo.

“A falta de trabalhadores agrava não só a jornada diária dos bancários, como também pode comprometer a qualidade da assistência à sociedade. A Caixa segue demitindo sem repor e o déficit de trabalhadores chega a 17 mil. Atualmente, o quadro de pessoal da Caixa é de 84 mil empregados, contra 101 mil, em 2014.

“Nessa pandemia do novo coronavírus estamos vendo a importância da Caixa. Os empregados vêm fazendo um grande trabalho e têm mostrado que a Caixa é imprescindível.  Mas os trabalhadores estão cansados, a jornada está exaustiva e a falta de trabalhadores também agrava a situação”.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here