Os participantes não aguentam mais a falta de descaso da Funcef. Nas redes sociais, os ativos e aposentados se manifestam e cobram informações sobre assuntos “esquecidos” como a margem consignável do Credplan, redução do equacionamento, décimo terceiro e convênio com o INSS.  

Os participantes também pedem maior transparência em relação as eleições para a escolha de novos membros do Conselho Deliberativo e do Conselho Fiscal da Fundação. O processo eleitoral foi paralisado no final de março e a falta de alternância e a manutenção do modelo de gestão acaba sendo danoso para os participantes. A Fenae reivindica que o processo eleitoral seja retomado imediatamente.

A insatisfação é geral e os participantes não podem esperar por mais tempo.  
Para todos esses assuntos, a Fenae enviou diversos ofícios e pediu explicações, principalmente durante a pandemia que afetou muito os participantes financeiramente, mas não recebeu nenhuma resposta oficial.   

Veja aqui o manifesto na íntegra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *