O Eu Faço Cultura, que funciona como uma plataforma digital, já ajudou milhares de pessoas a ter acesso à arte. A iniciativa distribui produtos culturais a idosos, pessoas com deficiência, beneficiários de programas sociais, ONGs e microempreendedores individuais.

E de onde vem esse dinheiro? Esse é o grande diferencial do Programa. Os empregados da Caixa ajudam o Eu Faço Cultura sem gastar nada. Apenas direcionam parte do seu Imposto de Renda para a plataforma.

Resultado: ajudam a democratizar o alcance à cultura no Brasil.

Mas atenção! Quem adere, para ter acesso ao benefício fiscal é necessário fazer a declaração no modelo completo. 

Em 2021, o Eu Faço Cultura seguirá levando experiências e oportunidades para muita gente. Para isso, precisa do apoio dos empregados da Caixa. Como 2020 é um ano atípico, as captações ainda não atingiram a meta.

A adesão pode ser feita até hoje, 14/12, pelo site do Eu Faço Cultura utilizando o acesso do Mundo Caixa. Ajude produtores culturais e pessoas em situações de vulnerabilidade a ter cultura e mais chances de sonhar.

Para participar, acesse www.eufacocultura.com.br/queroaderir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.